Mostrar 2280 resultados

Registo de autoridade

Barreto, António Miguel de Morais Taborda, 1942-, cientista social

  • PT/MIL/AMMTB
  • Pessoa
  • 1942-

Filho de Manuel da Costa Pinto Barreto e Maria do Céu de Morais Taborda, António Barreto nasceu a 30 de outubro de 1942, no Porto. Fez os estudos liceais em Vila Real, onde viveu até à data. Estudou direito na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, até 1963, chegando a ser ator no Círculo de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra. Radicado na Suíça, Barreto licenciou-se em Sociologia, pelo Universidade de Genebra, em 1963, sendo assistente dessa instituição até 1970, ano em que iniciou o doutoramento que obteve em 1985. É casado com a sociologia Maria Filomena Mónica.
António Barreto foi investigador de pesquisas das Nações Unidades para o desenvolvimento social, entre 1969 e 1974. Regressou a Portugal logo depois do 25 de abril de 1974, tornando-se investigador no Gabinete de Estudos Rurais da Universidade Católica Portuguesa, onde permaneceu até 1982, ano em que foi para o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde se manteve até 2009. Em paralelo foi professor de Sociologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas e na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Foi, ainda, vogal do Conselho de Administração do Instituto Nacional de Estatística.
Foi em 2009 que António Barreto chegou à presidência do Conselho de Administração da Fundação Francisco Manuel dos Santos, onde permaneceu até 2014. Foi militante do Partido Comunista Português e, após o 25 de abril de 1974, aderiu ao Partido Socialista. Foi, em 1974, deputado da Assembleia Constituinte e, em 1975, membro do VI Governo Provisório e do I Governo Constitucional, como Ministro do Comércio e Turismo e da Agricultura e pesca, respetivamente.
É cronista do Jornal Público desde 1991 e tem uma coluna semanal no Diário de Notícias. Quanto à televisão, António Barreto colaborou na série de documentários “Portugal, um retrato social” e foi comentador político no programa da SIC “Regra do Jogo”.
Durante o seu percurso, António Barreto recebeu o Prémio Montaigne, pela Fundação Alfred Toepfer e pela Universidade de Tubingen (2004) e a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo (2012). Em 2008 foi eleito membro da Academia de Ciências de Lisboa.

Resultados 181 a 200 de 2280