UP ATOM Server

DC 0138 - Centro de Estágios do Futebol Clube do Porto

Zona de identificação

Código de referência

PT FIMS AS-1-1.2-001-0138

Título

Centro de Estágios do Futebol Clube do Porto

Data(s)

  • 1999-2002 (Produção)

Nível de descrição

DC

Dimensão e suporte

Papel

Zona do contexto

Nome do produtor

Alcino Soutinho, Arquitecto (1958-1993)

História administrativa

Alcino Soutinho iniciou a sua atividade de arquiteto em regime de profissão liberal em 1958. Teve vários escritórios, constituídos sem formalismos legais, onde exerceu a prática da arquitetura. Durante a sua vida profissional destacam-se duas fases: numa primeira fase, a profissão foi exercida com vários sócios sem qualquer formalismo; numa segunda fase, em 1993, associa-se à sua filha no escritório que se designa por “Alcino Soutinho Arquitecto Lda.”
Cronologicamente, podemos referir as seguintes fases, enquanto arquitecto em regime liberal:
1ª Escritório com o arquiteto Octávio Lixa Filgueiras na Praça de Filipa de Lencastre, no Edifício do Hotel Infante de Sagres
2ª Escritório com Pedro Ramalho e Sérgio Fernandes, na Rua do Barão de S. Cosme, no início dos anos 60; depois mudam-se para a Rua Marques da Silva. Os trabalhos dos arquitetos começam a separar-se;
3ª Escritório com Rolando Torgo, nos fins dos anos 60 até 1973, na rua de D. Hugo;
4ª Escritório, de 1973 até 1993, escritório na Rua Carlos Malheiro Dias nº 283 r/c Direito;
Ao longo da sua vida profissional projetou mais de 200 obras.

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Peças desenhadas: Conjunto de 43 documentos
Peças escritas: 4 Unidades de Instalação com:
Memória descritiva; projecto de execução; correspondência; peças desenhadas; clausulas técnicas especiais; diversos

Dados sobre a obra
Responsável: Arq. Alcino Soutinho
Estado da obra: Construída
Localização: Olival - Vila Nova de Gaia
Tipo de construção: Centro de treino e formação desportiva

Outras Informações
Áreas:
Área de Construção: 7.478m2
Colaboradores: Arq. Andrea Soutinho, Arq. João Paulo Loureiro, Arq. Maria Clementina Scalambro, Arq. Filippo Antozzi, Arq. Laura Delleman, Arq. João Paulo Oliveira, Arq. Sónia Guimarães, Arq. Ricardo Suarez, Arq. Luca Dubini, Arq. Ana Ribeiro da Silva, Arq. Vitória Coutinho, Arq. Patrícia Matos e Arq. Helena Gomes
Especialidades:
Estabilidade - Encil - Eng. António Alpuim
Águas e Esgotos - Ramos e Sendas - Eng. Sendas e Eng. José Ramos
Eletricidade - OHM-E - Eng. Fernando Silva
Equipamentos eletromecânicos: P2E - Amílcar Moreira

Cronologia
Julho 1999 - Inicio dos projetos
Julho 2000- Inicio da construção
2002 - Conclusão do projeto

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

O Centro de Treino e Formação Desportiva de Crestuma/Olival- Gaia, organiza-se, tomando como modelos referenciais instalações congéneres, embora no caso vertente, face à topografia do terreno, relativamente acidentada, tenha sido necessário recorrer à sua modelação, quase sempre a partir de desaterros para a criação de plataformas onde se desenvolverão os respectivos campos de treinos.
A proposta baseia-se no essencial, na criação de uma nova realidade paisagística, na qual os edifícios, predominantemente com 1 piso, se integram nas zonas de transição dos níveis relvados. Estes, por sua vez, concordando entre si, também através de taludes com cobertura verde, ou ainda por intermédio de gabiões de granito, igualmente revestidos com elementos vegetais, propondo-se, paralelamente, a plantação de zonas arborizadas nas áreas de parqueamento automóvel, bem assim como de sebes vivas envolvendo as vedações metálicas no perímetro do empreendimento.
Esta estratégia visa, assim criar um ambiente em que a presença dos elementos naturais se sobrepões, visualmente ao edificado, sem prejuízo, no entanto, do melhor funcionamento dos espaços encerrados previstos no programa do Centro, constituído, fundamentalmente, por três núcleos de construções destinados, respectivamente, às Equipas A e B, Equipas Júniores e Juvenis, e ainda um edifício para alojamento temporário dos atletas. Como complemento do programa está prevista uma zona de Bancada coberta com 2000 lugares, um pequeno Bar de Apoio, Bilheteiras e Instalações sanitárias para público. Junto da entrada do Centro localiza-se uma pequena construção ocupada pela Portaria e Zona de imprensa.
Acrescenta-se ainda que toda a área abrangida pelo Centro será percorrida por um sistema de circulação para segurança e manutenção dos relvados, quer dos campos de treinos, quer das zonas verdes envolventes.

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

  • português

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Locais relacionados