Showing 82 results

Authority record
Corporate body

João Queiroz, Architect

  • PT/JCArq
  • Corporate body
  • [1920]-[1982]

João Marcelino Queiroz established his architecture atelier in the 1920s, without legal formalities, under the name João Queiroz, Arquitecto, in a rationalist building on Rua de Santa Catarina, Porto.
During his career he worked on his own; he designed all the parts of his projects himself, even when the demand from his clients increased in the 1940s.
He designed some iconic buildings, mainly in the city of Porto, including: Cine Teatro Olímpia, Trindade Cinema, Café Magestic and created a design for Batalha Cinema (not built). In addition, João Queiroz also designed new, single-family and multi-family houses; interventions for public and private buildings, and was responsible for alterations, extensions, repair works, renovations, and constructing showrooms. He also carried out projects in the area of funerary architecture.

Alfredo Matos Ferreira, Arquiteto liberal

  • Corporate body
  • 1969-[1983]

A partir de 1969, sensivelmente, Alfredo Matos Ferreira exerceu atividade de arquiteto em regime de profissional liberal, individual ou em associação.

Alfredo Duarte Leal Machado, Arquitecto

  • Corporate body
  • [193-]-[195-]

A atividade profissional de arquiteto de Alfredo Duarte Leal Machado, ainda parcamente estudada, encontra-se ligada ao Porto e ao Norte de Portugal, mas sobretudo a Coimbra, onde terá sido vereador da Câmara Municipal de Coimbra, entre 1942 e 1945. Para este concelho desenvolveu um projeto para a Escola de Regentes Agrícolas e um conjunto de parques infantis: Casa da Criança Rainha D. Leonor (Castanheira de Pêra, 1939), o segundo projetista para a Casa da Criança D. Filipa de Vilhena (St. António dos Olivais, 1940), a Casa da Criança D. Joaquina Barreto Rosa (Arganil, 1944). Ainda durante o ano de 1940, apresenta, juntamente com Artur Pimentel, um projeto para construção do edifício da Central Térmica do Hospital Universitário de Coimbra.
Em 1939 inicia o projeto para os Paços do Concelho de Espinho, sendo igualmente o arquiteto designado pelo Ministério das Obras Públicas para acompanhar a construção do edifício.
Enquanto arquiteto da Delegação Norte da Direcção Geral de Edifícios e Monumentos Nacionais (DENN), será, em 1951, e em colaboração com Manuel Lima Fernandes de Sá, o autor do Projecto do Pavilhão de Arquitectura da EBAP, que será inaugurado em 1954.

FOTOLABE

  • Corporate body

Bartolomeu Costa Cabral, Arquiteto Atelier Nuno Teotónio Pereira

  • Corporate body
  • 1952 - 1958

Bartolomeu Costa Cabral inicia o seu percurso profissional no atelier de Nuno Teotónio Pereira (1922-2016) em 1952, sendo então ainda estudante. No atelier de Teotónio Pereira, Bartolomeu consolida o seu pensamento sobre a Arquitetura e, com realização o Bloco das Águas Livres, de que é coautor, considera concluída a sua formação. Permanece como colaborador no atelier de Nuno Teotónio Pereira até 1958. Entre 1958 e 1962, Bartolomeu Costa Cabral forma sociedade com Nuno Teotónio Pereira e Nuno Portas (1934).

Octávio Lixa Filgueiras, Arquiteto

  • Corporate body
  • 1947-1973

De 1947 a meados de 1973 Octávio Lixa Filgueiras exerceu a actividade de arquiteto. Em início de carreira formou atelier na praça Filipa de Lencastre, com António Maria Corte-Real e Fernando Vieira Campos. Viria a transitar posteriormente para a rua Barão de S. Cosme e, finalmente, para a rua Alegria, no mesmo local onde, então, Álvaro Siza tinha o seu gabinete.
Foram seus colaboradores, Alcino Soutinho, Alexandre Vasconcelos e Álvaro Meireles.
A partir de 1972, sencivelmente deixa de ter escritório por incompatibilidade com funções oficiais na área da Cultura.

Results 1 to 20 of 82