SI CCD - Carlos Carvalho Dias

Original Objeto digital not accessible

Zona de identificação

Código de referência

PT FIMS CCD

Título

Carlos Carvalho Dias

Data(s)

  • [1954] - 2020 (Produção)

Nível de descrição

SI

Dimensão e suporte

Peças desenhadas: a disponibilzar; papel.
Documentação escrita: 8,2 m/l; papel.
Fotografias: c. 398; papel, película.

Zona do contexto

Nome do produtor

(1929 - ....)

História biográfica

Carlos Alberto Carvalho Dias nasceu a 14 de janeiro de 1929 em Viana do Castelo.
Iniciou a sua atividade ininterrupta como arquiteto em regime liberal em 1954, após concluir a frequência do Curso de Licenciatura em Arquitetura na Escola Superior de Belas Artes do Porto. Entre 1955 e 1956, como arquiteto estagiário, integrou a equipa responsável pelo mapeamento da Zona 2 - Trás-os-Montes e Alto Douro - no âmbito do Inquérito à Arquitetura Regional Portuguesa, juntamente com Arnaldo Araújo e com Octávio Lixa Filgueiras, coordenador da equipa. Ainda em 1955, frequentou o Curso de Urbanismo na ESBAP lecionado pelo arquiteto e professor francês Robert Auzelle. Carvalho Dias recebeu o Diploma em Arquitetura pela Escola Superior de Belas Artes do Porto em 1957, com a apresentação do seu Concurso para Obtenção do Diploma de Arquitecto (CODA), subordinado ao tema "Uma Habitação na Praia de Moledo do Minho”, pelo qual obteve a classificação de 19 valores.
De 1957 até 1968, Carvalho Dias integrou o Gabinete de Urbanização da Câmara Municipal do Porto como consultor, sob a orientação do Prof. Auzelle, com quem foi coautor do Plano Diretor do Porto (também conhecido como Plano Auzelle), publicado em 1962. Colaborou ainda com o Prof. Auzelle na organização e na direção do Curso de Férias da União Internacional dos Arquitetos de 1968 na ESBAP.
Em 1973, recebeu o convite do Prof. Percy Johnson-Marshall, da Universidade de Edimburgo, e do Prof. Manuel da Costa Lobo, do Instituto Superior Técnico, para coordenar a comissão de consultores que viria a elaborar o “Plano da Região do Porto”, apresentado oficialmente em 1975.
Carlos Carvalho Diasas foi o arquiteto-chefe do Fundo de Fomento da Habitação no Porto entre 1973 e 1975, .
Nos anos de 1986 e 1987, exerceu o cargo de Secretário-Adjunto do Governo de Macau, assumindo a pasta do Equipamento Social, a convite do Prof. Joaquim Pinto Machado, nomeado Governador de Macau nesse ano. Carlos Carvalho Dias esteve envolvido em vários projetos urbanísticos no território de Macau, nomeadamente no estudo para localização e construção do aeroporto, na criação do “Museu da Marinha” (Museu Naval de Macau) e do “Laboratório de Engenharia Civil de Macau”, na conclusão do Plano de Urbanização do Território e na apresentação da candidatura de Macau a Património Cultural Mundial.
Em 1988 integrou o Departamento dos Estabelecimentos Humanos e do Património Cultural da Fundação do Oriente, no qual foi consultor para a área do Património de 1989 a 1997.
Entre 1989 e 2007, foi Professor Auxiliar Convidado na Universidade Lusíada, Porto, regendo as unidades curriculares de Urbanismo, Recuperação e Planeamento Urbano.
Em 1996, foi eleito Vogal da Delegação Portuguesa do “ICOMOS” (International Council on Monuments and Sites), na qual assume um papel determinante para a atribuição de Património Cultural Mundial ao Centro Histórico do Porto.
Carlos Carvalho Dias foi arquiteto-urbanista consultor para várias Câmaras Municipais no Norte de Portugal, nomeadamente Vila do Conde, Póvoa do Varzim, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Braga e Chaves, entre outras.
Carvalho Dias foi também um relevante promotor do urbanismo a nível nacional e internacional. Juntamente com outros arquitetos-urbanistas, fundou a 23 de janeiro de 1965, em Amesterdão, a Associação Internacional de Urbanistas, da qual foi vice-presidente no triénio de 1981/82 a 1983/1984, e fundou, em janeiro de 1983, em Coimbra, a Sociedade Portuguesa de Urbanistas (mais tarde Associação dos Urbanistas Portugueses), na qual também exerceu vários cargos diretivos.
Durante o seu percurso profissional, Carlos Carvalho Dias participou em diversos congressos nacionais e internacionais de arquitetura e urbanismo, salientando-se os organizados pela FIHUAT (Federação Internacional da Habitação, Urbanismo e Ordenamento do Território) e pela AIU (Associação Internacional de Urbanistas) entre 1956 e 2011. Dos vários eventos em que colaborou na organização, destaca-se o XX Congresso Internacional dos Urbanistas, que decorreu em Braga de 31 de agosto a 5 de setembro de 1984.
Em 2003, foi-lhe atribuído o grau de Membro Honorário da Ordem dos Arquitetos. É também membro honorário da Associação dos Urbanistas Portugueses e da Associación Española de Tecnicos Urbanistas.
Em 2010, é publicado o seu livro “Memórias de Trás-os-Montes e Alto-Douro: nos 55 anos do ‘Inquérito à Arquitectura Regional Portuguesa’", escrito com base no seu trabalho realizado entre 1955 e 1960 no âmbito do projeto do Sindicato Nacional dos Arquitetos sobre a arquitetura popular portuguesa.

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

O conjunto informacional foi doado pelo próprio Arquiteto Carlos Carvalho Dias à FIMS, tendo o contrato de doação sido assinado a 12 de abril de 2021.

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

O conteúdo informacional é constituído por documentação produzida e recebida por Carlos Carvalho Dias relativa à sua atividade privada, formação/académica e atividade profissional. Neste acervo podemos encontrar as seguintes tipologias informacionais: desenhos, processos de obras de arquitetura, processos de obras de urbanismo, dossiers de seminários e congressos de arquitetura e de urbanismo, correspondência, pareceres, artigos de jornal, fotografias, entre outros.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de informação aberto.

Sistema de organização

Organização orgânico-funcional.

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

O acesso à informação poderá ser feito nas instalações da FIMS, mediante marcação prévia e sujeito ao horário de funcionamento da instituição.

Condiçoes de reprodução

A reprodução dos documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o seu tipo, o seu estado de conservação ou o fim a que se destina e carece sempre de autorização prévia da FIMS, enquadrando-se no Regulamento interno de reprodução de documentos. Está, ainda, sujeita à legislação sobre direitos de autor e direitos conexos.

Idioma do material

  • alemão
  • espanhol
  • francês
  • grego
  • inglês
  • português

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva.

Existência e localização de cópias

Cópias digitais disponíveis para consulta presencial na FIMS.

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

Lista de Processos de obras de arquitetura/urbanismo do arquiteto

  • 1956 - Um Edifício Misto - B. D. S. L., Loja da Praça da República, Viana do Castelo
  • 1957 - Um Imóvel de Habitações, Francisco Jorge da Câmara Leme Faria
  • 1959 - Hidro-Eléctrica do Douro - Cantina Escolar de Miranda
  • [1959] - Escola Francesa do Porto
  • 1961 - Maria Laura Q. A. F. da Rocha - Anexos no Terreno da Rua Fernão Vaz Dourado, Porto
  • 1962 -Sociedade Cooperativa "O Lar Familiar", Sócio n.º 7376, Rua de Carlos Dubini, Porto
  • 1962 - Plano de Urbanização da Praia de Moledo do Minho
  • 1962 - Plano Geral de Urbanização de Vila Praia de Âncora
  • 1962 - Plano Geral de Urbanização de Caminha
  • 1963 - Gertrud Leichsenring, Prédio na Rua do Almada, Porto
  • 1963 - Belarmino António Pereira Duarte, Prédio na Rua do Actor Eduardo Brazão, Porto
  • 1963 - Plano Geral de Urbanização de Ponte de Lima
  • 1964 - Moradia Domingos Pereira Coelho, Rua Tristão da Cunha, Porto
  • 1964 - Teresa Pinto Teixeira, Moradia na Rua do Actor Eduardo Brazão, Porto
  • 1965 - Edifício Elvira Miranda Vasconcelos Pina, Porto
  • 1965 - Moradia para Henrique Fernando Leão, Viana do Castelo
  • 1965 - Remodelação de Casa em S. João de Arga
  • 1965 - Adelaide Serpa Pinto Burmester, Largo de Cadouços, Foz do Douro
  • 1965 - Hortence Fernandes Barbosa, Rua da Palha e Martim Velho, Viana do Castelo
  • 1966 - Plano Geral de Urbanização de Monção
  • 1967 - Projeto do Parque das Viaturas Auto - Quartel de Infantaria, n.º 6, Porto
  • 1967 - Obras de Ampliação em Moradia - Álvaro de Mendonça Machado de Araújo Gomes de Moura, Rua Tristão da Cunha, Porto
  • 1967 - Moradia para o Exmo. Sr. Dr. Agostinho Correia de Sousa, Carreço, Viana do Castelo
  • 1967 - Moradia João Baptista de Almeida, Rua de S. Dionísio, Porto
  • 1967 - Judite Fernanda Ferreira Couto Magalhães, Rua Professor Duarte Leite, Porto
  • 1967 - Plano Geral de Urbanização de Vila do Conde
  • 1967 - Estação Central de Camionagem Sul, Porto
  • 1968 - Moradia Unifamiliar - Manuel Teixeira Mota
  • 1968 - Edifício da Rua Júlio Dinis, n.º 863 - Mota & Teixeira, S.A.R.L.
  • 1968 - Moradia na Praia de Esmoriz, Dr. Lino Guimarães
  • 1968 - Mercado Municipal de Monção
  • 1969 - Antero Francisco Teixeira - Edifício na Rua Coutinho de Azevedo, Porto
  • 1969 - Manuel Joaquim de Sousa Ribeiro - Rua da Prelada, n.º 141, Porto
  • 1969 - Rosa Maria Baptista Amaral - Moradia na Rua de Afonso Baldaia, Porto
  • 1969 - Alinhamento junto à Escola Primária do Covelo
  • 1969 - Arranjo Urbanístico da Praça da República, Monção
  • 1969 – Casa Sara Dília de Sousa Figueiredo
  • [1969] - Adelina Moreira Enes da Costa - Demolição e Construção de Moradia Unifamiliar na Rua da Azenha, Porto
  • 1970 - Plano Geral de Urbanização de Ponte da Barca
  • [1970] - Bairro de Atouguia, Guimarães
  • [1970] - Casa na Praia do Carreço para José Morais Rodrigues Lima
  • 1971 - Plano Parcial de Urbanização da Zona junto à Escola Técnica, Ponte de Lima
  • 1971 - Escola Primária - Ponte de Lima
  • [1973] - Plano Geral de Urbanização de Póvoa do Varzim
  • 1974 - Plano Geral de Urbanização de Monção
  • 1976 - Conjunto Habitacional da Zona da Nova Escola Primária, Monção
  • 1976 - Estudo Parcial da Marginal de Caminha
  • 1977 - Plano de Pormenor da Zona dos Acessos ao Hospital de Chaves
  • 1977 - Plano de Pormenor da Zona do Palácio da Justiça de Ponte de Lima
  • 1978 - Conjunto Habitacional da Zona do Estandarte, Monção
  • 1978 - Plano de Pormenor da Zona Norte de Póvoa do Varzim
  • 1979 - Plano de Pormenor da Zona da Rua da Finlândia, Vila do Conde
  • 1980 - Grupo Residencial de Aldoar - Cooperativa de Habitação Económica Nova Ramalde
  • 1980 - Grupo Residencial do Falcão - Cooperativa de Habitação Económica Nova Ramalde
  • 1980 - Urbanização da Quinta da Costeira, Estarreja
  • 1980 - Estudo para Plano de Pormenor para a Zona Sudoeste de Labruge, Vila do Conde
  • 1980 - Plano de Pormenor da Zona da Avenida Brasil, Vila do Conde
  • 1980 - Urbanização da Quinta da Lagoa - Senhora da Hora, Porto
  • 1980 - Arranjo Urbanístico da Zona Norte da Praia da Árvore, Vila do Conde
  • 1981 - Mercado Municipal de Chaves
  • 1981 - Alberto Ferreira da Costa e Outros - Avenida da Boavista, Porto
  • 1981 - Plano Geral de Urbanização de Chaves
  • 1982 - Plano de Pormenor do Centro Cívico de Vila Praia de Âncora
  • 1982 - Arranjo Urbanístico do Terreiro de Cavalaria, Chaves
  • 1982 - Póvoa do Varzim - Passagem Inferior de Peões
  • 1982 - Zonamento da Área Nascente à E.N. 13 entre Caminha e Moledo
  • 1982 - Plano de Pormenor da Zona Sudeste da Vila, Ponte de Lima
  • 1982 - Arranjo Urbanístico do Parque Desportivo, Vila do Conde
  • 1982 - Grupo Residencial junto à Rua Jornal de Notícias - Cooperativa de Habitação Económica Nova Ramalde
  • 1983 - Sanitários Públicos e Sala do Guarda do Jardim de Tabolado de Chaves
  • 1983 - Jardim Infantil para o Parque das Termas de Chaves
  • 1983 - Plano de Pormenor da Zona Industrial, Monção
  • 1983 - Arranjo da Praça Conselheiro Silva Torres, Caminha
  • 1983 - Plano Diretor Municipal de Monção
  • 1983 - Eng. Arlindo de Azevedo Maia - Areia Vila Chã - Vila do Conde
  • 1984 - Grupo Residencial da Zona Poente, Ponte da Barca
  • 1984 - Plano Diretor Municipal de Caminha
  • 1985 - Arranjo do Parque Público a Norte do Centro Escolar, Poça do Manco, Vila do Conde
  • 1985 - Plano Urbanístico da Zona Litoral a Sul do Concelho de Vila do Conde
  • 1985 - Novo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Melgaço
  • 1985 - Arranjo do Espaço Complementar da Zona de Caldas, Monção
  • 1985 - Prolongamento do Lavadouro Público Junto à Rua Conde D. Mendo, Vila do Conde
  • 1986 - Plano de Pormenor da Zona da Praça do Brasil, Chaves
  • 1986 - Banco Português do Atlântico - Projeto de Remodelação e Ampliação da Agência da Areosa, Porto
  • 1987 - Eng. Losa - Restaurante, Esposende
  • 1988 - Plano Diretor Municipal de Chaves
  • 1989 - Proposta de Zonamento da Área Litoral a Sul da Praia de Moledo
  • 1989 - Fundação Oriente - Construção de um Centro de Convívio
  • 1989 - Plano Diretor Municipal de Melgaço
  • 1989 - Remodelação da Sede da Fundação Oriente - Praça dos Restauradores e Rua do Salitre, Lisboa
  • 1989 - Conjunto Habitacional da Barrosa, Vila Praia de Âncora
  • 1989 - Conjunto Habitacional do Armador
  • 1989 - Plano Geral de Urbanização de Vidago
  • 1990 - Plano de Pormenor da Zona da Areia, Âncora
  • 1991 - Hospital de S. João - Porto - Acesso às Consultas Externas
  • 1992 - Adega em Alvaredo, Melgaço
  • 1992 - Edifício dos Serviços Administrativos da Câmara Municipal de Caminha
  • 1993 - Plano de Pormenor da Zona Marginal de Seixas, Caminha
  • 1993 - Plano de Pormenor do Largo de S. Bento em Seixas, Caminha

Nota

Este Sistema de Informação encontra-se em fase de tratamento.

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

PT/FIMS/CCD

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Nota do arquivista

Documentação organizada e descrita por José Guilherme Gouveia.

Objeto digital (Mestre) zona de direitos

Objeto digital (Referência) zona de direitos

Objeto digital (Icone) zona de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Géneros relacionados

Locais relacionados