UP ATOM Server

DC 058-1847 - Estância balnear da Cúria

[Estudo  da planta e estu... [Estudo de alçado principal] [Estudo de planta] [Estudo de corte] [Estudo da planta] [Estudo para a implantação] [Estudo de plantas e estu... [Estudo de alçado] [Planta geral] Sociedade das Águas da Cu...

Zona de identificação

Código de referência

PT FIMS MSMS-3-3.2-3.2.2-3.2.2.1-04-058-1847

Título

Estância balnear da Cúria

Data(s)

  • 1915-1925 (Produção)

Nível de descrição

DC

Dimensão e suporte

1 unidade de instalação com documentação escrita;
10 peças desenhadas.

Zona do contexto

Nome do produtor

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Documentos relativos ao processo de obra Estância balnear da Curia, com o número de obra 1847. O processo é composto pelos seguintes documentos: cartas recebidas, minutas de cartas enviadas, apontamento, anteprojecto da piscina para as termas e peças desenhadas.

Dados sobre a obra
Autor: José Marques da Silva
Estado da obra: não construída
Localização: Curia, Aveiro
Requerente: Sociedade das Águas da Curia
Tipo de construção: equipamento turístico
Data do projeto: 1919

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva.

Existência e localização de cópias

A documentação deste dossier encontra-se digitalizada e pode ser consultada na sua integra nas instalações da FIMS.

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

Após o convite do gerente da Sociedade das Águas da Curia, convidando José Marques da Silva a ser o arquiteto das obras a realizar na Curia, o arquiteto compromete-se a ter "o encargo exclusivo de todas as obras a fazer na estância entre as quais estão em projeto: a ampliação do balneário, bufete, galeria coberta, piscina, casino e hotel".
Temos nota de que o arquiteto José Marques da Silva terá realizado o anteprojecto para a construção da piscina para as "Termas da Curia" e se terá debatido para receber os honorários.
Pela leitura das cartas recebidas da Sociedade das Águas da Curia há a informação de que pela elevada quantia a despender, para a realização das obras, estas acabaram por não ser realizadas pelo arquiteto Marques da Silva.

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

PT/FIMS/MSMS/1847

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação

Pessoas e organizações relacionadas

Locais relacionados