DC 0036 - Pavilhão de Ténis da Quinta da Conceição

[Estudo prévio: corte e esquissos] [Esquisso de alçado] Projecto 1ª fase: Alçados, cortes e plantas Courts de ténis: [Planta] [Fotografia de época de vista exterior do Pavilhão de Ténis]

Zona de identificação

Código de referência

PT FIMS TAV-2-2.2-2.2.3-2.2.3.1-2.2.3.1.2-01-0036

Título

Pavilhão de Ténis da Quinta da Conceição

Data(s)

  • 1956-1960 (Produção)

Nível de descrição

DC

Dimensão e suporte

Peças escritas: 1 pasta; papel.
Peças desenhadas: 13 peças desenhadas; papel.

Zona do contexto

Nome do produtor

(1946-1996)

História administrativa

Fernando Távora exerceu atividade de arquiteto, como profissional liberal, de 1946 a 1996, no seu escritório da Rua Duque de Loulé, nº 98, 3º esq., freguesia da Sé, Porto.

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

  • Dados sobre a obra
    • Autor: Fernando Távora
    • Estado da obra: construída
    • Localização: Matosinhos - Parque Municipal da Quinta da Conceição e de Santiago
    • Requerente: Câmara Municipal de Matosinhos
  • Outras Informações
    • Colaboradores: Paulo Neves e Vasco Cunha
    • Construtor: Paulo da Silva Campos (Vermoim, Maia)
    • Especialidades: betão armado - Engenheiro Mário F. de Azevedo

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva.

Existência e localização de cópias

Cópias digitais disponíveis para consulta presencial na FIMS.

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Nota

Fernando Távora: "Devo dizer que há muitas obras que fiz e de que não gosto, ou porque, foram realizadas com pressa (o tempo é bom conselheiro) ou porque o meu momento ou as condições não eram favoráveis, mas vejo-as sempre com muita saudade como acontece com as mulheres outrora amadas.
O Pavilhão de Ténis é uma das obras de que ainda gosto e recorda-me momentos de grande convicção e esperança profissional. O problema que se colocava era o de marcar o parque com um edifício, criando ali um objecto dotado de presença, que afirmasse o eixo dos campos de ténis e que servisse como ponto de referência, tal como acontece com a piscina de Siza.
O mais curioso é que a tribuna do pavilhão não funciona porque é desconfortável e a visibilidade de sobre os campos é má; tal facto não me preocupa grandemente porque se trata de mais um caso, entre tantos, em que o elogio máximo que se lhe pode fazer é o que não serve para nada, excepto, naturalmente, as suas instalações situadas em baixo (...)."

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Pontos de acesso - Nomes

Pontos de acesso de género

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

PT/FIMS/FT/0036

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

  • português

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação

Pessoas e organizações relacionadas

Géneros relacionados

Locais relacionados